Abraça nasce forte

diretoria da ABRAÇA 2008 -2012

Autistas, aspérgueres, familiares, profissionais e representantes de quatorze entidades de todas as regiões brasileiras se reuniram nos dias 29 e 30 de abril na Casa da Esperança, em Fortaleza, Ceará, para criarem a ABRAÇA – Associação Brasileira para a Ação por Direitos das Pessoas com Autismo.

A ABRAÇA é a primeira entidade de representação e defesa dos direitos de pessoas que têm transtornos globais do desenvolvimento a ter, em sua direção, cidadãos do espectro autista. Dos seis conselheiros fiscais, dois têm a síndrome de Asperger. Para a ABRAÇA, o lema do movimento mundial das pessoas com deficiência é um princípio: “nada sobre nós sem nós”: o encontro que criou a entidade contou com ampla participação de autistas e aspérgueres, além de sua presença na sua direção.

 

Filosofia da ABRAÇA

A ABRAÇA tem, em seus estatutos, quatro princípios fundamentais: defesa dos direitos à cidadania das pessoas com TGD; incentivo à não-institucionalizaçã o e à harmonia dos laços familiares; respeito à pluralidade de metodologias existentes ou que venham a ser criadas para o suporte a pessoas com TGD, desde que respeitados os direitos humanos; repúdio e denúncia de práticas abusivas e autoritárias, que incluam a apresentação de estímulos aversivos (práticas punitivas) de maneira planejada a pessoas com TGD, seja com que propósito for.

Participaram da criação da ABRAÇA representantes da Bahia, Ceará, Distrito Federal, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A entidade já nasce forte, com vice-presidentes em todas as regiões brasileiras, e presidida por Fátima Dourado, pediatra e presidente da Casa da Esperança.

As entidades presentes foram: AFAGA – Associação de Familiares e Amigos da Gente Autista, representando a Bahia ; pelo Ceará, Casa da Esperança, Casa Encantada e Projeto Diferente; pelo Distrito Federal, Movimento Orgulho Autista; Casa da Esperança de Ananindeua e AMAB – Associação de Amigos do Autista de Belém, representantes do Pará; Associação dos Amigos do Autista da Paraíba; Associação de Amigos do Autista do Piauí; Comissão para Constituição da Casa da Esperança do Rio de Janeiro; APACE – Associação de Pais e Amigos de Crianças Especias (RN) e APAARN – Associação de Pais e Amigos do Autista do Rio Grande; Amparho – Amigos, Mães e Pais de Autistas e Relacionados sob Orientação Holística, representando o Rio Grande do Sul e as representantes de Santa Catarina foram a AMA-REC-SC -Associação de Associação de Pais e Amigos do Autista da Região Carbonífera de Santa Catarina e Grupo de Pais de Floripa.

 

A direção eleita para o período 2008-2012 é a seguinte:

Presidente- Fátima Dourado (CE); vice presidente Região Sul, Estefânia Borges (SC); vice-presidente Sudeste, Cristiano Ponte (RJ); vice-presidente Centro-Oeste, Fernando Cotta (DF); vice-presidente Nordeste, Alzira de Oliveira (PI); vice-presidente Norte, Deolinda Sampaio (PA); Secretário Geral, Argemiro Garcia Filho (BA); Tesoureiro, Arlete Rebouças (CE); Diretor Técnico, Alexandre Costa e Silva (CE); Diretora de Comunicação e Mobilização, Mariene Martins Maciel (BA) e Diretor Jurídico, Alexandre Mapurunga, (CE).

Posted in Blog.

Deixe uma resposta