Sou autista, tenho direito ao meu próprio corpo.

Durante 1º Encontro Brasileiro de Pessoas Autistas – EBA, em 2016, o tema mais debatido e demandado pelos participantes foi “sexualidade e relacionamentos”. Jovens autistas falaram de paquera, namoro e da expectativa de construir família, mas também depoimentos relatando a repressão da sua sexualidade. Houve ainda muitos relatos de casos de abusos sexual. Daí surgiu a proposta da campanha “Sou autista, tenho direito ao meu próprio corpo“, que foi desenvolvida por pessoas autistas, do começo ao fim.

Leia o manifesto da Campanha

Participe!

A Abraça é um movimento associativo democrático feito por indivíduos e organizações que comungam e aceitam explicitamente os princípios dos Direitos Humanos e incidem politicamente para pleno exercício da cidadania das pessoas com autismo. Convidamos pessoas autistas, familiares e ativistas dos direitos humanos que partilham de nossos pensamentos a participar também.

Saiba como participar.

Manifestos da Abraça

A Abraça atua ativamente junto às instâncias de governo e à sociedade para que leis, políticas e práticas não violem os direitos humanos e favoreça inclusão das pessoas com autismo. Frequentemente, lançamos manifestos públicos sobre questões importantes afetas aos direitos das pessoas autistas e suas famílias.

Conheça nossos manifestos

Últimas postagens

Audiência na Câmara Federal

No próximo dia 3 de maio (quinta-feira), às 9h, no Plenário da Comissão de Seguridade Social e Família (Plenário 7), por iniciativa da Deputada Rosinha da Adefal, a Câmara dos Deputados discutirá, em audiência pública,  a capacidade legal da pessoa com deficiência, nos termos do art. 12 da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com […]

Vivendo o autismo sem preconceitos

Vivendo o autismo sem preconceitos: vida independente e inclusão na comunidade

O autismo é considerado um distúrbio do neurodesenvolvimento que se manifesta precocemente e afeta as habilidades de comunicação, comportamento e interação social. O termo engloba os conhecidos como “Transtornos do Espectro do Autismo – TEA”, também chamados “Transtornos Globais do Desenvolvimento”. Estudos no âmbito internacional apontam que quase 1% da população possui algum Transtorno do […]

Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Natal

Informação enviada por Valtemir Moura Oliveira, Presidente da APAARN: Neste dia 27 de abril último, a Câmara de Vereadores de Natal realizou uma Audiência Pública para discutir políticas municipais de atendimento às pessoas autistas. A mesa foi assim composta: Dr. Maurilton Morais, psiquiatra;Dr. João Neri, geneticista;Eliana Araújo, psicopedagoga, pesquisadora , mãe de Breno, jovem autista […]