Sou autista e viver em comunidade é direito meu!

A campanha tem o objetivo de gerar consciência sobre a temática da desinstitucionalização buscando mostrar a situação precária e violenta que vivem as pessoas nas instituições, conscientizar sobre a importância dos processos de desinstitucionalização e das políticas que asseguram a inclusão na comunidade e falar sobre o direito de viver e ser incluído na comunidade das pessoas autistas e com outras deficiências.

Leia o manifesto da Campanha

Participe!

A Abraça é um movimento associativo democrático feito por indivíduos e organizações que comungam e aceitam explicitamente os princípios dos Direitos Humanos e incidem politicamente para pleno exercício da cidadania das pessoas com autismo. Convidamos pessoas autistas, familiares e ativistas dos direitos humanos que partilham de nossos pensamentos a participar também.

Saiba como participar.

Manifestos da Abraça

A Abraça atua ativamente junto às instâncias de governo e à sociedade para que leis, políticas e práticas não violem os direitos humanos e favoreça inclusão das pessoas com autismo. Frequentemente, lançamos manifestos públicos sobre questões importantes afetas aos direitos das pessoas autistas e suas famílias.

Conheça nossos manifestos

Últimas postagens

Pronunciamento da Deputada Rosinha da Adefal sobre a "Casa dos Autistas"

Pronunciamento da Deputada Rosinha da Adefal sobre o vídeo que vem circulando pelo youtube, da MTV, intitulado como “Casa dos Autistas” Rosinha da Adefal (Associação de Pessoas com Deficiência de Alagoas) é deputada federal Como Presidenta da Frente Parlamentar do Congresso Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, aderi ao abaixo assinado contra o programa […]

Humorístico da MTV desrespeita pessoas autistas

Sob o pretenso objetivo de fazer rir, a MTV veiculou, no dia 22 de março próximo, um quadro chamado “Casa dos Autistas”, dentro de seu programa “Comédia MTV”. As imagens exibidas causaram dor e revolta em familiares de pessoas autistas e nelas mesmas. Serem retratados como pessoas sem sentimento, sem habilidades, sem capacidade alguma de […]